Conto | O Gigante Egoísta – Oscar Wilde

O GIGANTE EGOÍSTA Todas as tardes, ao saírem do colégio, as crianças costumavam ir brincar no jardim do Gigante. Era um jardim lindo e grande, com grama verde e suave. Aqui e ali, sobre a grama, apareciam flores belas como estrelas, e havia doze pessegueiros que, na primavera, abriam-se em flores delicadas em tons de…

Conto | Continuidade dos parques – Julio Cortázar

Começara a ler o romance dias antes. Abandonou-o por negócios urgentes, voltou à leitura quando regressava de trem à fazenda; deixava-se interessar lentamente pela trama, pelo desenho dos personagens. Essa tarde, depois de escrever uma carta a seu procurador e discutir com o capataz uma questão de parceria, voltou ao livro na tranquilidade do escritório…

Conto | A última pergunta – Isaac Asimov

  Conto em PDF: Clique Aqui A última pergunta foi feita pela primeira vez, meio que de brincadeira, no dia 21 de maio de 2061, quando a humanidade dava seus primeiros passos em direção à luz. A questão nasceu como resultado de uma aposta de cinco dólares movida a álcool, e aconteceu da seguinte forma.…

Conto | Além do predador

I Já era quase de manhã, a penumbra do amanhecer começara a aparecer, e o tímido brilho de sol começara a invadir o quarto em raios exaustos, rastejando lentamente para a parede enfadonha. Um som molhado de modo como de um deslizamento de pesares, horrendo, ecoa pelo recinto. Não era como nada parecido com algo…

Conto | Casa tomada – Julio Cortázar

Casa tomada Gostávamos da casa porque, além de ser espaçosa e antiga (as casas antigas de hoje sucumbem às mais vantajosas liquidações dos seus materiais), guardava as lembranças de nossos bisavós, do avô paterno, de nossos pais e de toda a nossa infância. Acostumamo-nos Irene e eu a persistir sozinhos nela, o que era uma…

Conto | Conheço Meu Assasino

I Aquela sala cheira a toalha molhada, todas aquelas pessoas convivem o dia todo dentro da caixa quente. Por trás do forro contra ruído externo, uma colônia de fungo vivia feliz e se reproduzindo, Fábio não sabia disso e não entendia porque sua renite atacava todos s dias. Mas isso não atrapalharia seu trabalho; alguns…

Conto | O Abutre

I — Quem achou o corpo? — Jaques apareceu do nada, como uma nuvem, por trás do policial João. — Parece que foi morta com alguma arma grande… Mas não há cabeça. Ele a arrastou para o meio deste pátio, esquartejada e ninguém o viu. Alguma caminhonete. E as Câmeras? — Detetive, achamos um furgão…