Música é Poesia #1

music_mix_decision_desktop_1280x800_hd-wallpaper-55612

Musica é poesia, poesia é arte; Musica é arte.

Milhares de pessoas cultivam a música; poucas porém têm a revelação dessa grande arte.

– Ludwig van Beethoven

“Musica é poesia?” Esta duvida está longe de ter um fim no mundo critico. Uma resposta consensual. Afinal o que é consensual neste mundo?

A poesia não deve pertencer à esfera mercantil da qual a canção de consumo, dizem. Desde que a composição seja de protesto, podem ser chamados de poetas, ressaltam outros. Trabalhando com a rebeldia, amor, padrões, ou qualquer coisa.

Com a mesma matéria-prima verbal, criam objetos semelhantes, poetas e compositores trabalham de acordo com limitações e convenções diferentes, na literatura e na música. Alguns usos estéticos na música não acham espaço no poema e vice versa.  Haja regras, haja tratados. Reles poetas, ultrajes músicos. Não interessa, talvez sim, mas a cada um, contra a favor, os sentimentos passados com as palavras.

Eu digo: Não vive de regras o ser que é livre e da liberdade colhe a felicidade.

Estas, postas de lado, tal como a muito coloquei meu preconceito á outros gêneros que distanciassem do rock, tem-se somente a ganhar. Curtir o poema. Sentir a música. Independente de qualquer coisa, sem preconceitos, nem tão pouco dissertações e teses doutorais. Ganham-se sentimentos, poderes, amores e paixões, muitas vezes ódio, desprezo, tristeza,  medo. Se quiseres categorizar os textos, com o olhar somente critico, que faça a própria ordem, mas não deixe de sentir a poesia antes disso. A questão do status ou da dignidade cultural, raramente vem à tona, mas sempre está aí, tente fugir um pouco, só sentir.

Minha opinião ficou explicita no titulo, mas reitero: Fazendo-me sentir, bem ou mal, mas sentir, ao ler ou ouvir, desde que expressa por palavras, é poesia.

#1

Letra:

Meu partido
É um coração partido
E as ilusões estão todas perdidas
Os meus sonhos foram todos vendidos
Tão barato que eu nem acredito
Eu nem acredito
Que aquele garoto que ia mudar o mundo
“Mudar o mundo”
Frequenta agora as festas do “Grand Monde”

Meus heróis morreram de overdose
Meus inimigos estão no poder
Ideologia
Eu quero uma pra viver
Ideologia
Eu quero uma pra viver

O meu prazer
Agora é risco de vida
Meu sex and drugs não tem nenhum rock ‘n’ roll
Eu vou pagar a conta do analista
Pra nunca mais ter que saber quem eu sou
Pois aquele garoto que ia mudar o mundo
“Mudar o mundo”
Agora assiste a tudo em cima do muro

Meus heróis morreram de overdose
Meus inimigos estão no poder
Ideologia
Eu quero uma pra viver
Ideologia
Eu quero uma pra viver

Ideologia – Cazuza

Anúncios